Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação / Pesquisa / Laboratórios / Grupo de estudos em Fenomenologia - Tema: "A intencionalidade"

Grupo de estudos em Fenomenologia - Tema: "A intencionalidade"

Contato para os textos e informações: andre8ada@gmail.com

Resumo

Neste primeiro semestre de 2017 o Grupo de Estudos terá como tema A Intencionalidade em autores da fenomenologia; de Husserl aos seus epígonos. Para tanto os pesquisadores e participantes debaterão textos atinentes à temática proposta e que representam pontos decisivos nas obras de tais autores. Discutimos textos em que Husserl delimita a consciência como território da filosofia e a qualifica como essencialmente marcada pela relação de intencionalidade, para enfim compreender a passagem da vivência intencional como dado primário da descrição fenomenológica à sua crítica na análítica existencial heideggeriana e sua compreensão acerca de um sentido mais originário que a própria intencionalidade. A discussão abrange também a fenomenologia de extração francesa, no que tange a leitura ontológica da intencionalidade tal como proposta por Sartre e o projeto de uma encarnação de relação intencional no corpo – de uma “intencionalidade motora” – na fenomenologia de Merleau-Ponty. Por fim, abordaremos a escola de Patöcka e sua reconfiguração do campo fenomenal e de seus polos intencionais constituitivos – reconfiguração esta que permite abordar a contemporânea Fenomenologia da Vida de R. Barbaras.

 

Datas e textos 

08/03: Encontro preliminar
24/03: HUSSERL, Edmund. V Investigação Lógica (Capítulo 2: “Consciência como 'vivência intencional'”).
07/04: HUSSERL, Edmund. Ideias I (Segunda seção, capítulo 2: "Consciência e efetividade natural").
21/04: HEIDEGGER, M. Prolegômenos para uma história do conceito de tempo (§5: "A intecionalidade"). 
05/05: HEIDEGGER, M. Os problemas fundamentais da fenomenologia (§ 15, alíena c: Interpretação mais radical da intencionalidade a fim de esclarecer a compreensão cotidiana de si. O ser-no-mundo como fundamento da intencionalidade) 
19/05: SARTRE, J-P. O ser e o nada (Introdução 3 - "O cogito 'pré-reflexivo' e o ser do 'percipere'" e Primeira parte, capítulo 1: "A interrogação e As negações").
02/06: MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da Percepção (Primeira parte, capítulo 3: “A espacialidade do corpo próprio e a motricidade”, §§ 1-7; 20-26).
16/06: PATÖCKA, J. Qu'est-ce que la phénoménologie? (Capítulo: "Le subjectivisme de la phénoménologie husserliene et la possibilité d'une phénoménologie assubjective'").
30/06: BARBARAS, R. Investigações Fenomenológicas (Capítulo: "A fenomenologia da vida e o problema da intencionalidade").
14/07: Encerramento

 

Membros 

Luiz Damon S. Moutinho
André Dias de Andrade
Edson Prado
Eloisa Benvenutti
Gabriel Gurae Paes
Henrique Pompermeier
Marcus Campos
Rafaela Marques
Roberta do Carmo
Taciane Alves 
Tayrone Alves
Vinicius Hoste